Com tecnologia, Direito brasileiro já não é mais sinônimo de processo

27 de março de 2019 de na categoria Notícias com 0 e 0
Casa > Notícias > Com tecnologia, Direito brasileiro já não é mais sinônimo de processo

A judicialização de questões cotidianas decorre de muitos fatores, tais como o aumento do acesso ao Judiciário, com a assistência jurídica gratuita, e a criação dos Juizados Especiais Cíveis pela Constituição Federal de 1988. Fato é que somente no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro foram 2.171.800 novos casos no ano de 2017, segundo o levantamento Justiça em Números 2018, promovido pelo Conselho Nacional de Justiça.

Leia mais em: https://www.conjur.com.br/2019-mar-25/luciana-freitas-tecnologia-direito-nao-significa-processo

Adicionar comentário

© 2015 INTEGRATIVA. DESENVOLVIDO POR YIB (SOFTWARE + WEBSITE + SEGURANÇA) = RESULTADOS

HOME | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | FALE CONOSCO